Como a tecnologia impacta a educação?

A tecnologia está totalmente inserida na vida de todos nós. As gerações quem vêm chegando já nascem conectadas e desde a mais tenra idade, as crianças sabem como operar aparelhos, como smartphones e tablets.

Dessa maneira, a forma como elas aprendem e adquirem informação mudou em relação às gerações passadas. Hoje tudo é mais prático e dinâmico, o que exige uma adaptação no mundo da educação.

Porém, será que os avanços tecnológicos contribuem ou atrapalham a educação das crianças e jovens? Essa é uma questão que nós vamos debater no artigo de hoje. Continue lendo e entenda se a tecnologia na educação é positiva ou negativa.

A tecnologia ajuda ou atrapalha a educação?

Ainda que alguém tente, hoje é quase impossível impedir o impacto da tecnologia na educação. Isso porque ela faz parte do cotidiano das pessoas e a forma como a informação tem sido disseminada também utiliza recursos tecnológicos.

O problema é que ao mesmo tempo a tecnologia na educação pode ser positiva e negativa. E isso exige que pais e educadores estejam preparados para aproveitar o que ela pode oferecer de bom e minimizar aquilo que seria ruim para a educação de jovens e crianças.

Os recursos tecnológicos favorecem o aprendizado e possibilitam estimulá-lo de uma forma deferente, ou mesmo de várias formas diferentes. E isso favorece também a inclusão de alunos que têm um pouco mais de dificuldade para aprender do modo tradicional.

Entretanto, a tecnologia na educação também pode ser negativa porque os alunos têm grande facilidade para encontrar as respostas que procuram sem fazer muito esforço. Assim, trabalhos escolares, tarefas para casa, resenhas de livros, entre outras atividades estão disponíveis na internet.

Existem até mesmo aplicativos que podem dar respostas de questões sem que o aluno precise resolver sozinho. E isso é negativo quando a proposta é justamente desafiar o aluno para que ele desenvolva o aprendizado.

A praticidade para encontrar as respostas, para obter informações e dados é tão grande que acaba se tornando um desestímulo para que ele se esforce. E isso pode atrapalhar o seu aprendizado, fazendo com que deixe de aprender tudo o que poderia.

O desafio dos educadores

O grande desafio dos educadores atualmente é inserir a tecnologia na educação como uma forma de complementar os recursos pedagógicos. Porém, isso deve ser dosado para que os alunos também tenham o desafio de buscar o conhecimento, e não receber uma pequena parcela apenas.

A tecnologia na educação possibilita que as instituições de ensino se adaptem à modernidade, de modo que as aulas se tornem mais interessantes para a geração digital. Porém, nunca poderá substituir o trabalho do professor em sala de aula, nem pode ser uma forma de reduzir o trabalho ativo do aluno.

A tecnologia deve ser algo mais, um facilitador do conhecimento, e nunca uma maneira mais prática de obter respostas. Assim ela será sempre positiva e não interferirá no processo de aprendizado, de modo que os alunos percam algo pelo caminho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *